Transferências por PIX passarão a ser de R$ 1 mil no período noturno

Escrito por em agosto 31, 2021

QUER RECEBER NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP?

 

O Banco Central vai fazer mudanças em transferências bancárias por meio do PIX. Devido ao número de golpes, o órgão anunciou que no período noturno os usuários terão um limite de R$ 1 mil por transferência.

 

A mudança é válida no período das 20h às 6h da manhã. Hoje, uma a cada 100 mil transações são suspeitas de fraude. Quem explica é o economista Alexandre Pires. “É como se fosse fazer um processo de assaltos relâmpagos em série, como aqueles em que ocorriam em caixas eletrônicos, em que pegavam uma pessoa e passavam por vários caixas até esgotar seus limites. Pode ser que isso ocorra com usuários de PIX.

 

É uma medida necessária tendo em vista a quantidade de casos”, explica. O Banco Central ainda não determinou em qual data a mudança vai começar a valer, já que os bancos pediram um tempo para fazer as adaptações. As medidas também valem para outros meios de transferência, como TEDs, cartões de débito e entre contas do mesmo banco. “O sistema é seguro? Sim, do ponto de vista computacional e operacional. Porém, o engenheiro social, o estelionatário, o criminoso acha meio de burlar. Se não for por meio via estelionato, ele usa a violência podendo, no limite, chegar ao latrocínio”, ressalta Alexandre Pires.  

 

O usuário do PIX ainda poderá pedir para reduzir o valor do limite. Se fizer isso, a mudança será feita no mesmo instante. Mas ele também tem a opção de querer aumentar o limite de transferência. De acordo com o Banco Central, os bancos vão ter de 24 a 48 horas para efetivar o aumento.

 


 

Por Luis Ricardo Machado

Rede de Notícias Regional /Brasília

Crédito da foto: Agência Brasil

 


Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST