--:--
--:--
  • cover
    Rádio Alvorada 94.5 - Santa Cecília

Queda de efetivo: Brasil registra redução de policiais militares e civis em uma década, aponta estudo

Levantamento do Fórum Brasileiro de Segurança Pública revela diminuição significativa no número de agentes ativos no país.

Um estudo recente divulgado pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) revelou uma queda de 6,8% no número de policiais militares (PMs) ativos no Brasil entre os anos de 2013 e 2023. Os dados, apresentados nesta terça-feira, dia 27, também indicam um recuo de 2% no efetivo de policiais civis e científicos no mesmo período.

De acordo com o levantamento, o Brasil possui, em média, 2 PMs para cada mil habitantes. Comparativamente, nos Estados Unidos, essa média varia de 1,8 a 2,6 policiais por mil habitantes, conforme apontado por um estudo da Associação Internacional de Chefes de Polícia (IACP).

No que diz respeito ao contingente de PMs, os estados do Amapá (4,2), Roraima (3,9) e o Distrito Federal (3,8) lideram na proporção de policiais para cada grupo de mil habitantes. Por outro lado, Santa Catarina (1,3), Paraná (1,6) e Goiás e Maranhão (1,6 cada) apresentam as menores proporções.

O estudo revela que em 2023 havia 404.871 PMs ativos no Brasil, em comparação com 434.524 em 2013. No mesmo período, o número de policiais civis e científicos caiu de 116.169 para 113.899.

As atribuições das forças policiais no Brasil são bem definidas: a Polícia Militar é responsável por ações ostensivas e preventivas de combate ao crime e de preservação da ordem pública, enquanto a Polícia Civil tem como função registrar e investigar denúncias de crimes. Por sua vez, a Polícia Científica atua de forma complementar à Civil, realizando perícias para encontrar provas em investigações criminais.

Compartilhe

Últimas Notícias

Categorias

Notícias pelo WhatsApp?

Quer receber notícias pelo seu WhatsApp? Entra em nosso grupo oficial Rádio Alvorada!