Projeto de lei inviabiliza a volta às aulas em Santa Catarina

Escrito por em fevereiro 1, 2021

Um projeto de Lei (PL) proposto pela bancada do PT na Alesc inviabiliza a volta às aulas presenciais em Santa Catarina. A preocupação com a saúde dos professores é totalmente legítima. Da mesma forma que a dos atendentes de farmácias, supermercados e padarias que lidam com o grande público e não estão nos grupos prioritários, e também das empregadas domésticas que enfrentam o transporte coletivo todos os dias. Diz o PL: “nenhum trabalhador ou trabalhadora poderá ser obrigado a trabalhar de forma presencial, sem que o Estado tenha disponibilizado a vacina, de forma gratuita”. ​

Não há vacina nem para 100% dos grupos prioritários em Santa Catarina. É muito provável que não terá vacina até o retorno das aulas na rede pública estadual aos professores, no dia 18 de fevereiro. Infelizmente, no Brasil, não ter aulas presenciais é a regra, enquanto que no restante do mundo é a exceção, como agora na Europa.

Mesmo com recomendações do Movimento Todos Pela Educação e da Organização Muncial da Saúde (OMS) sobre aulas presenciais com protocolos rígidos, a resistência aqui é enorme. Houve quase um ano para planejar, os protocolos foram definidos e o retorno será gradual.

Que ocorra o monitoramento e, havendo necessidade de recuo, que assim se faça.

Fonte: NSC

 

Tagged as

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST