Em 20 dias, 150 pessoas são presas por violência doméstica em SC

Escrito por em setembro 4, 2021

QUER RECEBER NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP?

 

 

A PMSC (Polícia Militar de Santa Catarina) prendeu 150 pessoas por violência doméstica em Santa Catarina desde o dia 20 de agosto. As detenções aconteceram através da Operação Maria da Penha, que segue até o dia 21 de setembro.

 

A polícia está computando nacionalmente os atendimentos emergenciais de violência doméstica no período da Operação. Assim, segundo o comandante-geral da PMSC, coronel Dionei Tonet, eles pretendem ter um diagnóstico dos casos e fomentar políticas públicas.

 

“Estamos intensificando o acompanhamento das medidas protetivas de urgência das mulheres assistidas pelos programas de prevenção à violência doméstica e familiar desenvolvidos no âmbito da PMSC”, reforça o coronel.

 

Com a Operação, a PM quer dar ênfase ao trabalho diário de enfrentamento da violência doméstica e familiar contra a mulher. A ação atende casos emergenciais e denúncias podem ser feitas pelo telefone 190 ou no aplicativo PMSC Cidadão.

 

Números da Operação

 

Segundo a PMSC, foram atendidas 926 mulheres com Medidas Protetivas de Urgência. O órgão registrou 1.267 ocorrências de casos de violência doméstica no período.

Dentre os casos, foram 19 atendimentos realizados sem a necessidade de prisão e sete pessoas foram presas por descumprimento de Medidas Protetivas de Urgência.


 

FONTE: ND+

 


Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST