--:--
--:--
  • cover
    Rádio Alvorada 94.5 - Santa Cecília

Dengue: Brasil pode alcançar 4,2 milhões de casos em 2024, alerta Ministério da Saúde

Especialistas preveem recorde histórico de casos e mortes pela doença este ano, com desafios para contenção e tratamento eficaz.


Dengue assola o Brasil

O Brasil enfrenta um cenário alarmante em relação à dengue, com projeções do Ministério da Saúde indicando que o país pode atingir a marca de 4,2 milhões de casos da doença em 2024. Essa estimativa representa quase o triplo do registrado no ano anterior, evidenciando uma tendência preocupante de crescimento exponencial da enfermidade.

De acordo com especialistas , este ano deve marcar recordes históricos não apenas em casos de dengue, mas também em números de óbitos relacionados à doença. Kleber Luz, infectologista da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e consultor da Organização Mundial da Saúde (OMS) para arboviroses, expressa ceticismo quanto à capacidade do governo em conter esse aumento significativo nos casos.

“Isso vai acontecer, é pouco provável que o governo consiga conter [a alta nos casos]. Mas é preciso mitigar o problema. Capacitar médicos, enfermeiros, equipes de saúde para tratar a dengue de forma adequada, disponibilizar insumos, como soro, para que as pessoas sejam tratadas. O que devemos fazer é evitar as mortes”, alerta o consultor da OMS.

Até o dia 22 de fevereiro, o Brasil já havia registrado mais de 740 mil casos prováveis de dengue, representando um aumento de quase 350% em comparação ao mesmo período do ano anterior. Além disso, 151 mortes foram confirmadas por dengue, com outras 501 em investigação. Nos últimos dois anos, o país também testemunhou um aumento significativo no número de óbitos relacionados à doença, com registros de 1.053 mortes em 2022 e 1.094 em 2023, superando a marca de mil óbitos pela primeira vez na série histórica de 2000-2023.

Diante desse contexto desafiador, medidas urgentes e eficazes são necessárias para conter a propagação da dengue e garantir um tratamento adequado para aqueles que são afetados pela doença, visando evitar uma tragédia ainda maior neste ano.

Compartilhe

Últimas Notícias

Categorias

Notícias pelo WhatsApp?

Quer receber notícias pelo seu WhatsApp? Entra em nosso grupo oficial Rádio Alvorada!