Defesa Civil emite alerta de chuva forte e volumosa em SC; veja riscos por região

Escrito por em agosto 11, 2021

QUER RECEBER NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP?

 

 

Nesta semana, ao sair de casa, é melhor não esquecer o guarda-chuva. Isso porque Santa Catarina tem alerta para chuva forte e volumosa entre a tarde desta quinta-feira (12) e a madrugada de sábado (14).

 

Rajadas de vento de quadrante Sudoeste/Sul também serão sentidas até a madrugada desta quinta. No Litoral Sul, Grande Florianópolis, Baixo Vale do Itajaí e Litoral Norte, as rajadas podem chegar aos 60 km/h.

 

De acordo com a Defesa Civil de Santa Catarina, a chuva é provocada por uma área de baixa pressão no Oeste catarinense combinada à circulação marítima. A precipitação deve ser persistente e até intensa nas áreas do Oeste, Meio-Oeste, Vale do Itajaí, Planalto Norte, Litoral Norte e Grande Florianópolis.

 

Nas áreas em amarelo do mapa abaixo, os acumulados do período podem passar dos 70 milímetros e há risco moderado para alagamentos e deslizamentos pontuais. Já nas áreas em verde, os volumes previstos variam de 40 a 50 milímetros, com risco baixo para ocorrências.

 

 

Dias frios e úmidos

 

A baixa amplitude térmica provoca sensação de frio ao longo desta semana em Santa Catarina. Segundo o meteorologista da Epagri/Ciram, Marcelo Martins, o vento e a umidade alta deixam os dias frios e com ainda mais “cara de chuva”.

“No decorrer dessa quarta é um dia de melhora gradativa no tempo em relação às chuvas, mas no geral será encoberto, bem úmido, com cara de chuva, dia complicado, digamos”, diz Martins.

 

Na quinta-feira, as temperaturas variam de 3°C a 8°C no Planalto Sul, 8°C a 15°C nas demais áreas do Leste catarinense. No restante do Estado, o amanhecer de quinta será com temperaturas mínimas em torno de 6°C e à tarde, as máximas variam de 16°C a 21°C.

 

No sábado, a condição de chuva deve melhorar entre a Grande Florianópolis e o Litoral Norte.

 

Veja como se proteger de alagamentos e inundações:

 

  • Evite o contato com as águas e não dirija em locais alagados;
  • Evite transitar em pontilhões e pontes submersas;
  • Cuidado com crianças próximas a rios e ribeirões.

 

Fique atento aos seguintes sinais de deslizamento de terra: 

  • Inclinação de postes e árvores;
  • Qualquer movimento de terra ou rochas próximo à sua residência;
  • Aparecimento de rachaduras em muros ou paredes.

 

 


 

FONTE: ND+

 


 

Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST