Próximos três meses devem ter temperaturas elevadas e chuva abaixo da média em SC

Escrito por em agosto 1, 2022

QUER RECEBER NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP?

CLIQUE AQUI

Os próximos três meses em Santa Catarina devem ter chuva abaixo da média climatólógica, segundo a previsão divulgada pela Epagri/Ciram. Além disso, as temperaturas estarão mais elevadas do que geralmente são registradas nesta época do ano.

Normalmente, o inverno tem pouca chuva em agosto. Segundo o órgão, o risco de temporal com granizo e ventania existe, mas está associado à passagem de frentes frias, sistemas de baixa pressão e Sistemas Convectivos de Mesoescala que são mais comuns a partir de setembro.

De acordo com a Epagri, no mês de agosto a média de chuva deve subir um pouco, em relação a julho, variando de 110 a 190 milímetros no Oeste, Meio-Oeste e Planalto, e de 110 a 150 milímetros no Vale do Itajaí e Litoral.

Em setembro e outubro inicia a época de chuvas de primavera, com totais de precipitação mais elevados. Os totais de chuva em setembro variam de 150 a 210 mm no Oeste e Meio Oeste e de 110 a 170 mm nas demais regiões. Em outubro, os volumes de chuva são os mais elevados do trimestre e variam de 210 a 280 milímetros no Oeste e Meio Oeste e de 140 a 180 milímetros nas demais regiões.

A Epagri informou que neste ano, com a atuação do fenômeno La Niña, a primavera terá risco maior para eventos extremos com chuva forte em curto intervalo de tempo, temporais com raios, granizo e ventania.

Temperaturas altas

Agosto, setembro e outubro devem ter temperatura acima da média climatológica no Estado. Em agosto, os termômetros devem estar mais próximos à normalidade; já em setembro e outubro a temperatura deve estar mais alta.

De acordo com a Epagri/Ciram, a previsão de temperaturas acima da média não decreta completamente o fim do inverno porque ainda são esperados episódios de frio com temperatura negativa e formação de geada nas áreas altas do Estado, principalmente no Planalto Sul.

Se o frio chegar associado a umidade, a possibilidade de neve também não está descartada. Nevoeiros associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade, também são esperados para as noites, madrugadas e amanhecer dessa estação.

Fonte: Rádio Educadora

Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK


Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST