Furto de gado aumenta e preocupa pecuaristas na Serra catarinense

Escrito por em março 22, 2021

Produtores rurais de Santa Catarina estão preocupados com o furto de gado. Nos dois primeiros meses do ano foram registradas 119 ocorrências.

Duas fazendas de Santa Cecília, na Serra catarinense, tiveram 85 animais roubados das propriedades, causando perdas de R$ 620 mil. No ano passado, foram quase mil registros de furto.

Na primeira ação, os criminosos lotaram dois caminhões e levaram 50 novilhas de raça. Na outra, do mesmo modo, 35 cabeças de gado foram furtadas, 23 bois e 12 vacas. Neste caso, porém, a Polícia Civil conseguiu recuperar todos os animais no município vizinho de Papanduva.

Outro pecuarista de Cerro Negro, também na Serra, foi mais uma vítima. Ele foi furtado duas vezes: uma carga com quatro novilhas e outra com nove.

Na segunda ação, a polícia conseguiu recuperar os animais e reduziu o prejuízo do produtor. Mesmo assim, o proprietário perdeu R$ 10 mil do rebanho e precisou investir outros R$ 500 para transportar o gado de volta para a fazenda.

Os casos foram reportados pelo Sindicatos à Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Santa Catarina (Faesc), que solicitou a atenção do governo estadual para coibir a ação dos criminosos. Segundo o órgão, é o alto preço da carne bovina que está chamando a atenção de criminosos em todo o país.

Fonte: G1

Tagged as

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST