--:--
--:--
  • cover
    Rádio Alvorada 94.5 - Santa Cecília

Ministério do Trabalho e Emprego resgata recorde de 2,8 Mil trabalhadores em condições análogas à escravidão em 2022

O Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) anunciou que, somente neste ano, mais de 2,800 trabalhadores foram resgatados em condições análogas à escravidão no Brasil. Durante as fiscalizações realizadas de janeiro até novembro, 516 estabelecimentos urbanos e rurais foram visitados, resultando no pagamento de R$ 10.880.087,37 em verbas salariais e rescisórias aos trabalhadores resgatados.

Esse número parcial representa o maior registro de resgates dos últimos 14 anos e configura um recorde histórico em toda a série de pagamento de verbas rescisórias. Em 2022, 2.587 trabalhadores foram resgatados em 531 ações, com um montante de R$ 10.451.795,38 destinado a indenizações trabalhistas.

A região Sudeste liderou em número de ações e resgates, com 192 estabelecimentos fiscalizados e 1.043 trabalhadores resgatados, seguida pelo Centro-Oeste, com 103 fiscalizações e 720 resgates. O setor de cultivo de café foi o que apresentou o maior número de resgatados, totalizando 300 pessoas.

Os estados de Goiás, Minas Gerais e São Paulo registraram os maiores números de resgates, com 640, 571 e 380, respectivamente. A população é incentivada a fazer denúncias de trabalhos análogos à escravidão de forma sigilosa.

Jornalismo Rádio Alvorada FM

Compartilhe

Últimas Notícias

Categorias

Notícias pelo WhatsApp?

Quer receber notícias pelo seu WhatsApp? Entra em nosso grupo oficial Rádio Alvorada!