--:--
--:--
  • cover
    Rádio Alvorada 94.5 - Santa Cecília

Homem é condenado a mais de 19 anos por homicídio qualificado de primo em SC

Réu tentou simular legítima defesa após matar primo com canivete em disputa por moradia.

Um trágico episódio de violência abalou a cidade de Joaçaba, resultando na condenação de um homem a mais de 19 anos de reclusão pelo homicídio triplamente qualificado de seu próprio primo. O crime, cometido com um canivete, foi perpetrado sob a pretensão de simular uma legítima defesa, em uma disputa por propriedade.

O julgamento, ocorrido na última sexta-feira, dia 8, revelou detalhes chocantes do caso. Segundo a denúncia do Ministério Público, o réu, embriagado na ocasião, almejava tomar posse da residência onde a vítima residia. O fatídico episódio ocorreu em 14 de novembro de 2021, quando o autor do crime desferiu múltiplos golpes no primo, resultando em sua morte.

A promotora Francieli Fiorin conduziu a acusação, evidenciando o histórico violento do réu e as circunstâncias nefastas que cercaram o crime. O júri, ao acatar todas as teses da denúncia, reconheceu três qualificadoras no homicídio: o emprego de recurso que dificultou a defesa, o motivo fútil e o uso de meio cruel.

A sentença, fixada em 19 anos e 10 meses de reclusão em regime inicial fechado, além de seis meses e doze dias de detenção pelo intento de enganar a perícia, ressalta a gravidade do crime e impede o réu de recorrer em liberdade. A tentativa de dissimular os fatos, limpando e posicionando o canivete na mão da vítima para alegar legítima defesa, foi descartada pelas investigações, evidenciando a frieza e premeditação do ato.

O desfecho do julgamento reflete o compromisso com a justiça e a segurança da comunidade, reforçando a intolerância a atos de violência e arbitrariedade.

Compartilhe

Últimas Notícias

Categorias

Notícias pelo WhatsApp?

Quer receber notícias pelo seu WhatsApp? Entra em nosso grupo oficial Rádio Alvorada!