Gasto com combustível comprometeu mais de 30% do salário mínimo

Escrito por em julho 6, 2022

QUER RECEBER NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP?

CLIQUE AQUI

Em pesquisa contínua realizada pela UNIARP através do curso de Administração e financiada com recursos do Fundo de Apoio à Pesquisa (FAP), levantou-se o preço dos combustíveis e do gás de cozinha no mês de junho de 2022 nos municípios de Caçador e Fraiburgo.

Em Caçador, entre os combustíveis pesquisados, o diesel (7,10%) e o diesel S10 (6,27%) apresentaram aumento de preço em relação ao mês de maio, sendo que os demais combustíveis registraram queda de preço também em relação ao mês anterior.

Em Fraiburgo, na mesma comparação, todos os combustíveis apresentaram aumento de preço, com destaque para o diesel (8,81%), diesel S10 (6,90%) e etanol (5,00%). Em relação ao mês anterior, o gás de cozinha apresentou uma queda de 4,51% em Caçador e um aumento de 2,93% em Fraiburgo.

Entre os estabelecimentos pesquisados foi possível encontrar uma significativa variação de preço em alguns combustíveis. É o caso da gasolina aditivada em Caçador (20,87%) e do diesel em Fraiburgo (8,22%). O mesmo foi observado para o gás de cozinha, que apresentou variação de 60,00% em Caçador e 15,74% em Fraiburgo, demonstrando que é possível economizar mediante uma pesquisa prévia de preços.

Para se ter uma ideia, o caçadorense que consumiu um tanque gasolina comum (50 litros) em abril gastou aproximadamente R$ 373,40. Já o fraiburguense, nas mesmas condições, gastou cerca de R$ 374,75. Em ambos os casos, o gasto de combustível comprometeu mais de 30% do salário-mínimo vigente. Há um ano, em julho de 2021, a gasolina em Caçador custava R$ 5,675 e em Fraiburgo R$ 5,610.

Considerando os últimos doze meses, ou seja, desde início da pesquisa, a gasolina comum já apresenta uma variação acumulada de 24,56% em Caçador e de 40,49% em Fraiburgo. Já o gás de cozinha, no mesmo período, apresenta uma variação acumulada de 23,57% em Caçador e de 22,79% em Fraiburgo.

Cabe ressaltar que, embora tenha ocorrido variação de preço dos combustíveis durante o mês, os preços são coletados pelos pesquisadores sempre nos últimos dias do mês da pesquisa.

A pesquisa realizada pela UNIARP adota metodologia similar à utilizada pela ANP – Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis que, semanalmente, afere o preço dos combustíveis e do gás de cozinha em aproximadamente 500 municípios do país.

Fonte: Diário Rio do Peixe

Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK


Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST