Em Taió, aposentado perde fortuna ao cair no conto de falsa caridosa

Escrito por em maio 26, 2022

 

 

Uma mulher de 62 anos vai responder na Justiça por ter furtado um idoso de Taió. A investigação da polícia aponta que por mais de dois anos ela se aproveitou da confiança do aposentado doente com a justificativa de ajudá-lo e retirou uma verdadeira fortuna das contas dele.

 

O prejuízo é estimado em cerca de R$ 370 mil.

 

O caso veio à tona no ano passado quando a filha do casal, que estava afastada dos pais para tratar um câncer, recebeu uma ligação da operadora do plano de saúde dos idosos. A empresa informava que a fatura não estava sendo paga. A situação chamou atenção porque era uma conta em débito automático e, além da poupança, o pai recebe mensalmente a aposentadoria.

 

Mesmo doente a filha foi ao banco e lá descobriu que as contas do pai tinham sido zeradas e estavam, inclusive, com saldo negativo. […]

 

Conforme as investigações, ela se aproximou dos idosos com a justificativa de ajudá-los como forma de pagar uma promessa. A golpista dizia que tinha vencido um câncer e durante o tratamento se comprometeu a ajudar o próximo caso fosse curada. […]

 

O delegado Diones Pavoni conta que as imagens dos caixas eletrônicos mostram a falsa caridosa fazendo os saques. Em alguns casos ela transferiu o dinheiro da conta do idoso direto para a dela. Outras vezes ludibriou o senhor de 75 anos e vítima de AVC para que ele retirasse o dinheiro do banco e entregasse a ela. Foram cerca de R$ 240 mil retirados entre setembro de 2019 e fevereiro de 2021.

 

A situação se revelou ainda pior quando os investigadores perceberam que a mulher fez seis empréstimos no nome do idoso na ordem total de R$ 130 mil.

 

A Polícia Civil de Taió indiciou a mulher pelos crimes de furto qualificado e estelionato, cujas penas máximas podem chegar a 13 anos de prisão. Ela vai responder em liberdade.

 

 

Fonte:  NSC
Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST