--:--
--:--
  • cover
    Rádio Alvorada 94.5 - Santa Cecília

Economia brasileira vive bom momento com recorde de arrecadação, melhora no PIB e queda na inflação

Primeiro bimestre de 2024 se encaminha para um fim positivo, com indicadores apontando para um cenário promissor.

O primeiro bimestre de 2024 está se encerrando com resultados animadores para a economia brasileira. A arrecadação de impostos atingiu um recorde histórico, as projeções para o Produto Interno Bruto (PIB) foram revisadas para cima e a expectativa para a inflação é de queda.

Recorde na arrecadação de impostos

Em janeiro, a Receita Federal do Brasil (RFB) registrou a maior arrecadação federal de impostos da série histórica iniciada em 1995. Foram R$ 280,6 bilhões, um aumento real de 6,67% em comparação com o mesmo período do ano anterior.

Melhoria nas projeções para o PIB

O Boletim Focus, divulgado pelo Banco Central, indica que a projeção de crescimento do PIB para 2024 foi revisada para cima, de 1,60% para 1,68%.

Expectativa de queda na inflação

A previsão do mercado financeiro para o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) caiu de 3,82% para 3,81% para este ano. A meta de inflação definida pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) para 2024 é de 3%, com tolerância de 1,5 ponto percentual para cima ou para baixo.

Políticas sólidas e busca de desenvolvimento sustentável

O bom momento da economia brasileira é resultado de políticas sólidas e da busca por um desenvolvimento com sustentabilidade fiscal, social e ambiental.

O que esperar para o futuro?

As perspectivas para a economia brasileira são positivas. A expectativa é que o crescimento continue ao longo do ano, com a inflação sob controle.

Compartilhe

Últimas Notícias

Categorias

Notícias pelo WhatsApp?

Quer receber notícias pelo seu WhatsApp? Entra em nosso grupo oficial Rádio Alvorada!