Após 4 dias em cativeiro, caminhoneiro de SC é resgatado

Escrito por em agosto 18, 2021

QUER RECEBER NOTÍCIAS EM SEU WHATSAPP?

 

 

Após quatro dias na mão de sequestradores em São Paulo, um caminhoneiro foi libertado e recebido com festa em Santa Rosa do Sul, no Sul de Santa Catarina. A libertação ocorreu na manhã desta terça-feira (17) em Osasco (SP) e no final da tarde ele chegou em casa no município do Sul de Santa Catarina.

O caminhoneiro foi atraído até a cidade paulista com a promessa de um vantajoso trabalho de frete. Ao chegar em SP, na sexta-feira (13) ele foi assaltado e sequestrado por bandidos até ser libertado nesta terça-feira (17).

Enquanto o caminhoneiro era mantido refém, os bandidos fizeram diversos pedidos de resgate e tentaram extorquir a família da vítima. Uma força-tarefa entre as Polícias Civis de SP e SC foi montada para a resolução do caso.

“Nós montamos uma força-tarefa, ficamos acompanhando as negociações e fizemos as investigações. A Diretoria de Inteligência da Polícia Civil colocou agentes à disposição para nos ajudar nesse sentido. Fizemos contato com a DAS de São Paulo, que é a divisão de sequestros de lá, que foi nos passando informações e nós fomos auxiliando nas negociações com a família aqui”, contou o Delegado de Polícia em Santa Rosa do Sul, André Coltro.

 

Liberado sem sinais de tortura

O caminhoneiro foi liberado sem sinais de tortura e violência física. Um dos sequestradores já foi identificado, mas os bandidos ainda não foram presos.

A investigação seguirá através da Polícia Civil de São Paulo em busca da prisão dos autores do crime. Além da DP de Santa Rosa do Sul, atuaram no caso a Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC/PCSC), por meio da Delegacia de Roubos e Antissequestro (DRAS/PCSC), a Diretoria de Inteligência da PCSC, a DP de Indaial e a PCSP.

Alerta quanto a anúncios ‘atrativos’ de fretes

A Polícia Civil alerta, diante do ocorrido, para que os motoristas de caminhão fiquem atentos quanto a anúncios ‘atrativos’ para fretes. Já que esta é uma modalidade que tem crescido entre os criminosos. Através dos anúncios eles atraem caminhoneiros, os sequestram e posteriormente fazem pedidos de resgate para a libertação da vítima.

De acordo com a Polícia Civil, existem registros de casos como esse contra motoristas de SC, Paraná, Rio Grande do Sul e São Paulo, entre São Paulo (capital) e Osasco.

Mesmo com caminhões vazios, em locais próximos a Osasco (SP) os assaltantes costumam abordar os caminhoneiros. A abordagem geralmente acontece próximo a empresas de logística. Sendo que os criminosos podem interceptar o caminhão diretamente ou utilizam pessoas vestidas com uniformes das empresas que orientam para que o motorista siga por outro portão, onde serão rendidos pelos bandidos.

Com o caminhoneiro refém, eles fazem extorsões por meio de saques nas contas das vítimas enquanto os motoristas ficam em cativeiro. “Sugerimos alerta sobre essa modalidade criminosa e orientamos aos motoristas a terem cautela”, diz o Delegado de Polícia Anselmo Cruz, da Delegacia de Roubos e Antissequestro da Diretoria Estadual de Investigações Criminais (DEIC).

Denúncias podem ser dadas ao 181 ou WhatsApp (48) 98844-0011.

 


 

FONTE: ND+

 


Siga nossas redes sociais: INSTAGRAMFACEBOOK

Ao Vivo

Rádio Alvorada

Current track
TITLE
ARTIST